iiiiiiiiiii

Efeito dos ingredientes na massa de pizza

Muita gente me pergunta porque vai açúcar na massa de pizza outros porque ovo para responder estas perguntas encontrei um otimo texto no site(http://pizzaria.3forum.biz) Pizzas, Pizzeiros e Donos de Pizzarias - Fórum de Discussão Sobre a Arte de Preparar PIZZAS!!!
continuem lendo espero que gostem

O PORQUE DO AÇUCAR, SAL, OVOS, LEITE E AZEITE


Além dos ingredientes básicos utilizados para fabricação da pizza, alguns outros podem ser
utilizados, e esses conferem características especiais à massa e sabor do produto. Os
ingredientes empregados na fabricação de uma pizza podem ser divididos em dez
categorias:
• Farinha: a farinha de trigo é o componente estrutural da massa, e constitui o ingrediente
fundamental para obtenção da massa de pizza. A farinha de trigo possui proteínas - a
gliadina e a glutenina - com características funcionais únicas, capazes de formar uma
rede - o glúten - com propriedades viscoelásticas, e que retém o gás formado durante a
fermentação. A qualidade da farinha pode interferir no produto final devido às suas
propriedades, como a composição, cor, qualidade e quantidade de proteínas,
capacidade de absorção da água, concentração de proteases, concentração de
amilases e o tamanho dos grânulos.
• Água: a água é também um ingrediente imprescindível na formação da massa; a
quantidade de água adicionada afeta a consistência da massa. A água hidrata as
proteínas da farinha de trigo tornando possível a formação da rede de glúten e atua
como solvente e plastificante, permitindo que, durante o processo de cozimento da
massa, ocorra o fenômeno de gelatinização do amido. Além da quantidade de água
adicionada, o pH e o peso da água (concentração de minerais presentes na água)
afetam a massa.
• Fermento: o papel principal do fermento é fazer a conversão de açúcares fermentáveis
presentes na massa a CO2 e etanol. Além de produzir CO2, que é o gás responsável
pelo crescimento da massa, o fermento também exerce influência sobre suas
propriedades, tornando-a mais elástica. A expansão do volume da massa proporciona
uma crosta mais leve e macia, melhora o sabor da massa, devido à produção de ácidos
com o processo de fermentação. Um dos ácidos produzidos, o ácido propiônico, age
como inibidor natural do mofo nas massas. Outra função do processo de fermentação é
evitar o aparecimento de bolhas na massa.
• Sal: o sal é indispensável em qualquer formulação de pizza. O sal exerce basicamente
duas funções principais: a primeira é contribuir para o aroma e sabor. A segunda função
do sal relaciona-se com as propriedades reológicas da massa, pois o sal faz com que a
massa fique mais “forte“, ou seja, o sal aumenta a resistência à extensão do glúten.
• Açúcar: o açúcar é um elemento muito importante nas formulações, por duas razões
principais: em primeiro lugar, o açúcar serve como fonte de carboidratos fermentáveis
para as leveduras, o que altera a taxa de fermentação e produz uma textura mais suave
na parte interna da massa da pizza. Em segundo lugar, o açúcar contribui para melhorar
o sabor e o aroma da massa. Além disso, o açúcar reduz o tempo para escurecimento
da massa da pizza e aumenta a durabilidade do produto.
• Manteiga ou óleo: as gorduras exercem nas massas uma ação que não é química, mas
física: as gorduras exibem a capacidade de se posicionarem entre camadas de glúten,
facilitando o deslizamento entre essas camadas. Assim, dizemos que as gorduras
lubrificam o glúten, o que resulta em maior extensibilidade das massas. Em virtude desta
ação, as gorduras proporcionam pães com maiores volumes em relação a pães
produzidos sem gordura. O aumento de volume é significativo, usualmente em torno de
10%. As gorduras também tornam a massa mais macia, melhorando a textura do miolo e
contribuindo para retardar o envelhecimento do pão, fazendo com que este fique macio e
palatável por um período de tempo mais longo. As gorduras atuam ainda sobre o sabor
(principalmente as gorduras animais) e sobre o valor nutricional.
• Leite: a adição de leite à massa eleva o poder nutricional da pizza, aumenta a tolerância
à fermentação, o que significa que pode haver maior fermentação da massa sem o
rompimento dessa, cria uma crosta mais clara e macia na massa e adiciona sabor ao
produto.
• Ovos: a importância ou a finalidade da adição do ovo varia com o tipo de massa. O ovo
proporciona liga à massa e não deixa que a mesma fique quebradiça, além de aumentar
a maciez. Ao adicionar ovo à pizza obtém-se uma massa mais parecida com a massa de
pão. A adição de ovos à massa da pizza não é errada, mas não é aconselhável quando
se pretende obter uma massa mais crocante e firme.
• Temperos e corantes: responsáveis pela acentuação de sabor e cor da massa, o que
pode contribuir para uma diferenciação do produto.
• Aditivos: o uso de aditivos é fundamental para corrigir deficiências da farinha de trigo, e
permitir a padronização da qualidade dos produtos finais. Para isto, no entanto, é preciso
que os aditivos sejam utilizados nas dosagens corretas, de acordo com o tipo de produto
final desejado, as matérias-primas utilizadas e o processo de panificação escolhido. O
fabricante tem a possibilidade de escolher entre utilizar os aditivos separadamente, na
forma de melhoradores ou inseridos nas misturas industriais para panificação.


Fonte- Copyright © Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas - SBRT


pizzaria do pizza mongagua

Por que a cebola faz chora

Quando as cebolas são cortadas, as suas células são quebradas. As células das cebolas têm duas secções, uma com enzimas chamadas alinases e outra com sulfuretos (sulfóxidos de aminoácidos). As enzimas decompõem os sulfuretos produzindo ácido sulfénico. O ácido sulfénico é instável e decompõe-se num gás volátil chamado sin-propanetial-S-óxido. O gás dissipa-se pelo ar e eventualmente chega aos olhos, onde vai reagir com a água para formar uma solução muito fraca de ácido sulfúrico. O ácido sulfúrico irrita as terminações nervosas do olho, fazendo-os arder. Em resposta a esta irritação, as glândulas lacrimais entram em acção para diluir e lavar a irritação. Não obstante, são estes compostos voláteis que dão o sabor característico à cebola, e o aroma agradável quando cozinhada. Para reduzir a libertação do gás recomendas-se descascar a cebola debaixo de água corrente, ou mesmo debaixo de água, embora esta medida seja pouco prática ou ecológica. Molhar as mãos e a cebola antes de a cortar vai reduzir o efeito do gás, porquanto algum do gás vai reagir com a água das mãos ou da cebola (e não com a humidade dos seus olhos). O cheiro das mãos poderá ser eliminado com limão ou lavando-as em água corrente por alguns instantes sem esfregar uma na outra. Também ajuda respirar profundamente pela boca, uma vez que grande parte do gás será inalado e menos ficará disponível para reagir com os olhos. Uma faca bem afiada danifica menos células da cebola, libertando-se menos gás — logo menos irritação. Cebolas frias tiradas do frigorífico provocarão menos irritação uma vez que as baixas temperaturas inibem a difusão das enzimas e do gás. Outras pessoas preferem arrefecer a faca por 2 minutos no frigorífico antes de cortar as cebolas para diminuir as lágrimas. Diferentes espécies de cebolas libertarão quantidades diferentes de ácidos, portanto a irritação que provocam também será diferente. Uma forma eficaz de evitar o transtorno para os olhos é evitar cortá-la em rodelas. Cortar a cebola sempre no sentido raiz-folha ou vice-versa, dessa forma, ou seja, ferindo menos as cápsulas que contêm as substãncias voláteis. Basta cortá-la ao meio no sentido sugerido e apoiar a parte plana sobre a tábua de corte, e de preferência com a faca bem afiada, cortá-la em tiras longas na posição sugerida. Quase não agride os olhos e reduz a liberação do odor para as mãos.

14 Curiosidades sobre pizza

1- Na Itália, existe uma lei salvaguardando a pizza tradicional Italiana. A Itália inclusive solicitou que essa lei fosse incluída na constituição da União Européia.

2- A maior pizza do mundo já feita, foi no Norwood Pick´n ´ pay Hypermarket, em Johannesburg, África do Sul. A pizza tinha 37,4 metros de diâmetro, e foi feita com 500 kg de farinha, 800 kg de queijo e 900 kg de extrato de tomate. Isto ocorreu em 8/12/1990.

3- Lucy Clough, da Domino´s Pizza de Feltham, em Londres, detém o recorde mundial da entrega mais distante. Uma pizza suprema vegetariana foi cozida em 17/11/2004, e entregue no destino final, Melbourne, na Austrália, dois dias depois. A pizza viajou um total de 16950 Km. Será que valeu a promoção de meia hora de entrega?

4- O recorde mundial de comer pizza é do romeno Cristian Dumitru. Durante uma semana, ele comeu o seu próprio peso em pizzas, 90,7 kg. E houve polêmica, pois o recordista anterior, Takeru Kobayashi, questionou o recorde, alegando que a razão molho/queijo era baixa demais para ser considerada pizza. Dumitru então desafiou Kobayashi a ver quem comia mais rápido 22,6 kg de pizza. Kobayashi, que é conhecido por sua habilidade em comer cachorros-quentes, ainda está para aceitar o desafio.

5- A pizza mais cara do mundo foi criada por Domenico Crolla para o dia dos namorados, e custava a bagatela de 2745 dólares. Entre suas coberturas, eram encontrados molho de tomate bronzeado, salmão defumado escocês, medalhões de cervídeos (veado, javali, essas coisas), lagosta marinada em conhaque de qualidade, e caviar embebido em champagne. E ainda recebia um toque especial, era salpicado pó de ouro na pizza!

6- A pizza comercial mais extravagante do mundo é feita no restaurante Nino Bellisima, em Nova York. Coberta com seis variedades de caviar, cebolinha, lagosta fresca e créme frâiche, esta pizza de 30 cm, conhecida como “Luxury Pizza”, custa 1000 dólares, ou 125 dólares a fatia.

7- Existe um Campeonato Mundial de Pizza, onde os melhores pizzaiolos competem nas categorias: Freestyle, Acrobática, Mais rápida e Mais larga. As pizzas são julgadas pela preparação, gosto e cozimento próprio.

8- A garantia de 30 minutos oferecida pela Domino´s foi abolida nos Estados Unidos em 1993. O motivo foi o número de processos recebidos pela empresa por causa de acidentes causados pelos entregadores apressadinhos.

9- O Departamento de Estatísticas do Trabalho dos EUA coloca os entregadores de pizza numa categoria classificada como a 5ª mais perigosa de trabalho. Um entregador de pizza da Dakota do Norte foi agredido por não ter aceitado maconha como pagamento. Alguns foram assassinados. O caso mais bizarro foi o de Brian Wells, um entregador da Pensilvânia, que atou uma bomba ao pescoço, fez uma entrega num beco escuro e depois foi assaltar um banco. Pego pela Polícia, contou que a bomba foi atada por pessoas do tal beco. Três minutos antes da chegada do Esquadrão Anti-Bombas, o explosivo foi detonado, mandando Wells para o além.

10- No Brasil, comemora-se o Dia da Pizza em 10 de Julho.

11- A origem do termo “acabou em pizza” é óbvia, surgindo pelo hábito, principalmente em São Paulo, de celebrar acordos em uma pizzaria.

12- A pizza Margherita original teve como inspiração as cores da bandeira da Itália. O verde do manjericão, o branco do queijo e o vermelho do tomate.

13- Uma pizza com uma fatia faltando serviu de inspiração para Tohru Iwatami, designer de jogos da Namco, do Japão, em 1980. Nascia assim um personagem clássico dos games, o Pac-Man.

14- Em São Paulo, no ano de 1997, foram consumidas 84 milhões de pizzas.

Computadores pizzas e jornada nas estrelas











No mundo da pizza todo dia tem uma novidade uma pizza com novo sabor uma nova pizzaria e vários acessórios diferentes  só que dessa vez um cara exagerou ele montou um computador dentro de uma caixa de pizza e não é que o pc funciona mesmo el conta com teclado, mouse, tela e até o sistema operacional Linux ate que e uma boa idéia vai ser difícil ele ser roubado a não ser que o ladrão esteja com fome hoje em dia tem ladrão que liga na pizzaria faz o pedido quando o motoboy vai entregar a pizza pronto mão na cabeça passa a pizza o refri e o troco o troco é quando ele fez o pedido já pediu troco para cinqüenta bom ainda bem que não levou a moto do boy mais voltou pra casa andando por que o ladrão jogou a chave fora bom mais deixa isso pra la e vamos a segunda novidade acho que quem tem mais de 25 anos e era fã de jornada nas estrelas ( Star Trek)vai gostar dessa que tal cortar uma pizza usando a nave Enterprise


 a empresa ThinkGeek conhecida por produtos voltados ao “público nerd e simpatizante” criou um cortador com o formato da nave ela mede aproximadamente 22,85 centímetros. e feita de liga de zinco e cromada e o disco de corte e feito de aço inoxidável e não para por ai ainda tem um abridor de garrafa no formato da nave

 se você gostou dessa duas pesas e possível compralas  neste link  o cortador custa $29.99 e o abridor custa $19.99  leve a nave “ onde nenhum homem jamais esteve”

receba atualizações por emails