iiiiiiiiiii

Ervilha

A ervilha (Pisum sativum) é uma planta (legume) da qual existem mais de duzentas variedades, e de suas vagens são extraídos diversos tipos de grãos. Em algumas regiões de alguns países é costume utilizar os grãos e as vagens no alimento, quer na forma de sopa (grãos ou vagem) ou como salada (grãos ou vagem), pois se constituem em uma fonte de fibras.

A planta

Chamada de ervilheira tem a sua origem na Ásia Central e na Europa. Produz ervilhas rica em vitaminas K1, C, B1, A e B6.

Tipos

Existem dois tipos de grãos, o liso e o rugoso; o primeiro é menor e mais resistente, amadurecendo antes do outro. Este, no entanto, é mais apreciado por ser de maior tamanho e mais doce. As ervilhas são alimento de fácil digestão, e podem ser conservadas secas ou enlatadas. A planta é uma trepadeira de folhas compostas terminadas em gavinhas.
As ervilhas serviram a Johann Gregor Mendel para as experiências que o levaram à descoberta das leis da herança biológica, hoje conhecidas em todo o mundo como leis de Mendel.

Variedades

Com a introdução, adaptação e desenvolvimento de tecnologia de produção de ervilha no Planalto Central, o Brasil reduziu sua importação em 70% nos últimos vinte anos. Nesse período, a Embrapa lançou diversas variedades de ervilha com resistência a doenças. Também colocou no mercado as quatro primeiras cultivares brasileiras específicas para congelamento. Esse produto é 50% mais proveitoso que a ervilha verde importada. Sua produção veio suprir a demanda pelo produto para consumo in natura ou congelado.
A Embrapa também desenvolveu a ervilha Axé, um derivativo da ervilha verde, desenvolvida especialmente para a agroindústria - grãos verdes enlatados e grãos congelados, apresentando maior produtividade em relação as existentes atualmente no mercado.

receba atualizações por emails